Lençóis Maranhenses: vento e liberdade

wanderlust lençóis maranhenses dunas do parque nacional

Ali tudo é intenso. Subir as dunas exige força das pernas, o vento incessante enlouquece até quem tem cabelos curtos e o sol forte tosta os desavisados que deixaram em casa o protetor solar. O céu azul contrasta com as nuvens fofinhas e a cor das lagoas beira o impossível. Como podem existir nesses tons de verde, assim, no meio desse imensidão de dunas branquinhas? Até onde o olho alcança, o sobe e desce das dunas é quebrado pelas águas convidativas das lagoas.

Os Lençóis Maranhenses são com certeza um dos mais belos destinos no Brasil. Andar por essas areias fininhas dá um sensação deliciosa de liberdade. Melhor ainda quando não se vê mais ninguém ao redor e pode-se nadar nas lagoas como se veio ao mundo. É verdade, por uma sorte inigualável, eu e Guilherme viajamos acompanhados somente do nosso guia e encontramos poucas pessoas pelo caminho nos dias em que estivemos lá. Não resisti e experimentei esticar minha liberdade.

Lagos dos Lançóis Maranhenses
Ops, perdi o biquini! Foto: Guilherme Maranhao

E tem mais… Rios lindos pra navegar (de barco e de boia!), comida deliciosa pra provar e muita gente bacana pra conversar. Aliás, não fosse essa gente bacana, eu teria ficado sem fotos. Foi graças ao empréstimo de uma chave de fenda durante nosso almoço que Guilherme conseguiu consertar minha câmera. Depois do primeiro passeio nas dunas, ela travou. Lembra que eu disse que a areia branquinha também é fininha? Pois é, não é uma boa ideia trocar as lentes no meio das dunas, a areia foi parar onde não devia.

Se um dia você puder ir até lá, tente ir na lua cheia. Procure uma pousada que fica numa península entre o mar e o rio. Não havia luz elétrica, espero que continue assim… Vá dormir sentindo o vento entrando pelas frestas da janela (não ignore o mosquiteiro sobre a cama!) e acorde com a luz do luar mais lindo que você já viu. Nunca levantar da cama no meio da noite vai valer tanto a pena.

Um dia eu volto. Soube que há quem troque o dia pela noite e atravesse essa imensidão sob a luz do luar. Deve ser mágico.

Enquanto não dá, as fotografias guardam a minha saudade.

————

Veja as fotos dos Lençóis Maranhenses no acervo da Saudades.

Quer mais informações sobre quando ir e onde ficar? Dá uma olhada aqui e aqui.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *